Gestante viajando para Miami e Orlando. Por que não?

Hora de viajar! Era 23 de fevereiro de 2015 e minha esposa estava no 4º mês de gestação, onde segundo os especialistas é um ótimo período para as grávidas viajarem, e nós estávamos prontos para encarar esse “desafio”.

Já tínhamos feito uma viagem para os Estados Unidos (Nova York e Miami) anteriormente, mas dessa vez era diferente, pois tinha toda a preocupação relacionada ao bem-estar e segurança de ambas, e também pela distância de casa.

Viajar grávida

Minha esposa estava tendo uma gestação bem tranquila, sem enjoos e por incriável que pareça sem desejos. Aliás, parecia que os desejos foram assumidos por mim, mas esse é outro assunto!

Nosso voo, que tínhamos comprado os bilhetes antes da descoberta da gravidez, sairia de Florianópolis com conexão em Guarulhos com destino a Miami e a volta partiria de Miami com conexão em Brasília com destino a Florianópolis.

No inicio, nosso roteiro era chegar a Miami pegar o carro e ir para Orlando, porém nossa empresa aérea mudou a data de ida do voo, antecipando um dia.

Inicialmente não gostei, mas pensando depois, foi ótimo, pois tivemos um dia para descansar da viagem em Miami, nada mau.

Dica: Aliás, esse é um ponto importante. Eu não indico chegar a Miami, pegar um carro e ir para Orlando. Acho muito cansativo, ainda mais acompanhado de uma gestante.

Durante o voo, principalmente no trecho maior entre Guarulhos e Miami, além da indicação médica de utilizar a meia Kendal para evitar trombose, outra dica que achei valida, foi não pegar os acentos da janela, isso por que não é recomendável que a gestante fique muito tempo sentada, e para não atrapalhar quem está na ponta dormindo, eu marquei os acentos do corredor, assim minha esposa ficaria a vontade para levantar a hora que sentisse vontade, sem incomodar ninguém.

Viajar grávida
Nascer do sol em South Beach.

Logo chegaríamos a Miami, cansados do voo, mas feliz em passar essa primeira etapa. Pegamos um táxi para a Collins Avenue onde dormiríamos no President Hotel.

Infelizmente chegamos cedo e nosso check-in era só às 15h, e como o hotel não liberou de jeito nenhum o check-in antecipado, tivemos que ficar batendo perna em Miami.

Muitos devem pensar, “nada mau bater pernas em South Beach”, mas digo, depois de quase 24h entre conexões e voos, chegou uma hora que tudo que mais queríamos era um banho.

Mas enfim, estava um lindo dia de sol e aproveitamos a praia e o viciante Caramel Flan Latte na StarBucks.

Dê noite fomos passear na Lincoln Road e jantar em um dos muitos restaurantes que a região oferece.

Viajar grávida

Depois de uma noite de descanso, aproveitamos a manhã em Miami e em seguida pegamos um táxi para o Aeroporto, a fim de retirar o carro que alugamos.

Fizemos uma viagem tranquila até Orlando, com duas paradas estratégicas, uma no Dunkin’ Donuts para tomar café e outra em um posto quase chegando a Orlando para alongar as pernas e ir ao banheiro. Assim chegamos à tão aguardada Orlando.

Reservamos o Hotel Sunsol para passar nossa estadia na cidade.

Um ótimo Hotel, com quartos confortáveis, piscina, garagem e Wi-Fi gratuitos, café da manhã incluso (um pouco fraco) e localização a 5 minutos da Universal Studios.

Basicamente, nossos dias foram divididos em parques, passeios e compras, ou seja, contemplava quase tudo. Decidimos ir aos parques Animal Kingdom, Magic Kingdom, Hollywood Studios e Epcot da Disney, no Islands of Adventure e Universal Studios da Universal, compras no Premium Outlet, Macrobaby e ToysRUs, e passeios por Orlando e Winter Park.

Nossa aventura começou por um passeio noturno no Universal CityWalk, a fim de jantar e voltar para o hotel, pois no outro dia já tínhamos um parque para visitar. Optamos em conhecer o restaurante da NBA.

Eu particularmente adoro basquete, então entrar em um restaurante temático que disponibiliza varias telas com jogos ao vivo da NBA foi demais.

No Universal CityWalk não é cobrado ingresso para entrar, somente é pago o estacionamento, que por sinal depois das 18h tem um valor reduzido, então é uma boa opção para ir jantar, e conhecer o NBA ou Hard Rock Café.

Viajar grávida

Nos próximos artigos irei detalhar cada um dos parques, enfatizando os roteiros para gestante e acompanhante.

Leia também:
Roteiro Magic Kingdom para gestante e acompanhante
Roteiro Animal Kingdom para gestante e acompanhante
Roteiro Hollywood Studios para gestante e acompanhante
Gestantes no Disney Epcot, Island of Adventure e Universal Studios. Quais as semelhanças?
3 passeios em Orlando para fugir dos parques temáticos

 

 

Leandro Bolsoni

Leandro Bolsoni

Formado em Administração e Gestão em Tecnologia da Informação, é um entusiasta por viagens e todo planejamento que envolve esse entretenimento. Criador do blog Valentina na estrada, que tem o objetivo compartilhar informações de experiências obtidas em suas viagens em família.
Leandro Bolsoni

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *